26 de fevereiro de 2011

Um culto carismático

O culto de hoje causaria estranheza aos mais afeitos à teologia adventista conservadora. Não fosse num sábado e se não fosse na igreja do Unasp-São Paulo, os desavisados certamente tomariam um susto. É igreja adventista ou uma igreja carismática?

Dedicação de uma criança

Foi um dos poucos pontos que merecem destaque positivo. Algo rápido e objetivo, um solo muito bem feito pela jovem cantora. Conduzida pelo pastor Gideão Santiago.

Serviço de cânticos

É bom ver a igreja cantar e cantou bem. Cantou em vozes, sob a batuta do maestro Silmar, que tem toda a postura de um militante pentecostal. Pelo menos na forma como rege, expressa-se e conduz a música.

Pedido de oração antes da mensagem musical

Dois casos contrastantes, apresentados pelo pastor Vinícius Mazaro. No primeiro houve pedido de oração em favor da família de um jovem aluno, que depois de quatro dias na instituição, foi vítima de um acidente de trânsito, nas cercanias da escola. No segundo houve agradecimento pela providência divina, em favor de uma senhora que se submeteu a severos procedimentos médicos, e que está bem de saúde.

A pergunta que não quer calar decorre das atitudes típicas dos ambientes pentecostais. Não é contraditório que o mesmo Deus que sarou uma senhora idosa, não tenha agido em prol de um jovem aluno, tão violentamente erradicado deste mundo?

Sobre o sermão

Quem proferiu a palavra foi o pastor titular da igreja: Itaniel Silva. A mensagem versou sobre texto do livro de Efésios, com ênfase em “Deus em nós”. Na realidade tal sermão é produto final do que ocorreu na igreja do Unasp durante a semana. O tema geral foi o Espírito Santo.

Como asseverei no começo do texto, parecia uma igreja carismática. O sermão fechou com “chave de ouro”, via mensagem pentecostal dirigida aos membros adventistas daquele templo.

Pontos críticos

O pastor enfatizou que Deus não atua nas circunstâncias. Isso não ficou bem claro. Na realidade ele tentou mostrar que a presença de Deus em nós é eficaz o suficiente. Ele age na pessoa e não nas circunstâncias. Ficou mais confuso quando ele ilustrou dizendo que pessoas, sem o Espírito Santo, até podem fazer bem à humanidade, como é o caso dos cientistas. Só que essas pessoas, sem o Espírito Santo, não se dão conta de que são objetos na mão divina. Agem como se fossem méritos próprios. Quando Deus age em quem o tem dentro de si fica claro que ele não está atuando nas circunstâncias. E no caso dos que “não são da fé”? Eles não seriam uma “espécie de circunstância”?

Outro ponto: haverá um tempo que o Espírito Santo se retirará da Terra, mas não se retirará dos homens de fé (santos). Aí ficou complicado! Se o homem está na Terra e o Espírito Santo está no homem, como seria possível, então, o Espírito Santo sair da Terra? Mais: essa afirmativa entra em rota de colisão com crenças conservadoras que dão conta do seguinte: quando o Espírito Santo for retirado da Terra, haverá ausência de consolo de tal modo que mesmo os “santos” ficarão com dúvida se estão salvos ou não. Como seria possível conviver com a dúvida, tendo o Espírito Santo dentro de si?

O pastor Itaniel é bom orador, articulado, apresenta-se bem, domina a palavra, mas trouxe um sermão carecedor de consistência teológica. De sorte que o culto deste sábado, numa igreja lotada, com ar condicionado sem funcionar, não corrigiu o desastre promovido pelo pastor Paulo Cilas no sábado anterior. A mensagem, lamentavelmente, foi bem apresentada, mas inconsistente. Típica de “teologia de patrimônio”, quando se quer sustentar um credo, que não suporta sustentação. O estudo da personalidade do Espírito Santo, doutrina “jurisprudencial católica” (desculpem-me pela expressão curiosa), requer mais embasamento. Já é uma doutrina “sem o claro assim diz o Senhor” e quando apresentada em forma de colcha de retalhos, vira uma aberração teológica.

Ainda assim a igreja repetia o amém e de forma bem alta! O fazia por ignorância ou por que já aceita a IASD carismática?

Nota: Falo como uma pessoa que cursou Teologia (SALT/IAE-1985) e que se atém aos conceitos conservadores, comparando-os com os atuais. Escrevo aqui como expressão do meu ponto de vista. Não estou afirmando que a mensagem de hoje está equivocada e que a do passado está correta. No meu caso, atual agnóstico teísta, qualquer posicionamento por uma ou outra corrente, é irrelevante. As duas não merecem minha crença.

Enéias Teles Borges

7 comentários:

CONVICTOS OU ALIENADOS? disse...

Comentário do Cleiton Heredia:

Chega a dar dó ver um teólogo adventista se debatendo em cima dos versos bíblicos tentando desesperadamente sustentar o insustentável.

O carismatismo na IASD é um processo irreversível típico de uma comunidade composta de pessoas em busca cada vez mais de uma experiência pessoal com Deus e cada vez menos preocupados com suas bases teológicas e históricas.

Deve ser muito difícil para as pessoas que valorizam um culto do tipo racional, manterem-se neste tipo de ambiente inflamado com emoções fabricadas por manipuladores de massa.

Vânia Márcia disse...

Oi, Enéias... é o Levi quem vai falar:
"Certamente o culto de sábado requer algumas considerações,não é mesmo? pois o "pr pop" quis aparecer mais que a mensagem,como às vezes é costumeiro,rsrsr Primeiro ponto: não se assuste com a performance do Pr Itaniel,pois chegará o momento em que ele dará um salto triplo carpado igual a nossa ginasta, Dayane dos Santos... o soco do Pelé quase saiu... Muito apelo emocional, não acho certo.(como diz o poeta:"ah! que saudade da aurora da minha vida...",do tempo do Éser Giroto,voz mansa e "assim diz o Senhor"). Outro ponto do seu comentário que me fez procurar, de modo prático, um exemplo de como nosso Deus atua nas circunstãncias: vejamos Moisés, diante do mar a frente e o exército do foraó atrás, quem fez aparecer a cortina de fogo para impedir o avanço do exército? na teoria dos acertos basta um erro e...outro detalhe: Grande Conflito pag 620: "o espirito de Deus, persistentemente resistido,foi,por fim,retirado. Satanás mergulhará então os habitantes da terra(todos)em uma grande angústia. pag 621: o povo de Deus será então imerso naquelas cenas de aflição e angústia...angústia de jacó". Assim diz o Senhor, Jer 30:5-7: "Contudo estou bem certo que por fim levantará meu senhor e espero estar preparado,estudando,vivendo,sofrendo,animado,angustiado,feliz e aos sábados adorando meu senhor e dele receber misericórdia,receber luz proveniente do santo e bom espirito para que compreenda suas verdades e viva essa mesmas verdades."
Forte abraço e não deixe de me visitar na classe,vc e sua família sempre serão bem vindos!
Um beijo santo... Levi

Felipe Marques disse...

Boa Tarde, sem querer julgar, mas já julgando...rsrs
Os senhores vao na igreja para ficar analisando os supostos "pontos errados" das programaçoes e dos sermoes?
Se ñ concordam com a também "suposta" nova doutrina da "trindade" por que ainda frequentam essa igreja? Estao esperando o que para procurar outra igreja? Que coisa mais chata, porque em vez de ficarem postando esse comentários, os irmaos ñ vao em segredo orar para que Deus mudar as "supostas" coisas erradas na igreja? Quem comigo ñ ajunta espalha... Disse Jesus.

Obs: Erros de acentuaçao porque ainda ñ aprendi usar o teclado em español...rsrs

CONVICTOS OU ALIENADOS? disse...

Quando vou à igreja, estádio de futebol, cinema e afins eu exerço meu direito constitucional de ficar calado ou de falar. Assumindo, inclusive, eventuais consequências.

A pergunta é: por que vou? Resposta: entre muitos motivos destaco um: vou, porque quero ir...

Abraços/Enéias

MRROUCO disse...

A IASD É A IGREJA DE LAUDICEIA, CRIADA POR DEUS, PARA OS DA IASD, AQUELES QUE NÃO SENTEM-SE BEM NESTA IGREJA, EXISTEM VÁRIAS OUTRAS DENOMINAÇÕES, NAS QUAIS ESSAS PESSOAS PODERÃO SE ADEQUAR. IGREJAS CARISMATICAS, PENTECOSTAIS, É SÓ ESCOLHER UMA E EMBARCAR...

MRROUCO disse...

meu irmão! se for colocar somente o que lhe convem...

CONVICTOS OU ALIENADOS? disse...

Eu publico todos os comentários. Deixo de fora aqueles que são depreciativos à pessoa humana.

Enéias